MONITORAMENTO COLABORATIVO

Monitoramento em nuvem de cidades

Se as câmeras de segurança eram até pouco tempo dedicadas ao monitoramento interno, hoje isso se expandiu e dai que surge o projeto CIDADE MAIS SEGURA.

O objetivo principal é aumentar a sensação de segurança através da prevenção, além utilizar as imagens em vídeo como evidência na condução de investigações.

O primeiro passo para alguém que possui uma câmera e deseja participar do projeto é realizar a contratação de um serviço de gravação em nuvem.(Fale Conosco)

A gravação em nuvem irá capturar, armazenar o vídeo em servidores seguros e retransmitir as imagens da câmera usando a internet. Além de colaborar para a segurança da cidade, esse cidadão terá acesso ao monitoramento ao vivo e às gravações de sua câmera através do aplicativo Câmera Nuvem.

VIGILÂNCIA COMUNITÁRIA

O surgimento de um novo tipo de monitoramento também tem contribuído para o crescimento do projeto. Temos recebido contatos de associações de bairro e moradores interessadas na implantação do projeto CIDADE MAIS SEGURA.

O projeto consiste em instalar câmeras em locais estratégicos, na rua do bairro, compartilhando o sistema de segurança e comercializando o login e senha para os moradores acessarem as imagens através do nosso aplicativo, Câmera Nuvem, tornando os custos mais acessíveis.

Quanto mais pessoas tiverem acesso às imagens, maior a vigilância da região. Possuímos uma plataforma robusta capaz de integrar todos os moradores às câmeras através do nosso aplicativo e manter as imagens armazenadas em nuvem. Com isso o seu perímetro de segurança aumenta, e não fica limitado só a porta de uma casa ou empresa, inibindo a ação de meliantes. A ideia é que a população participe ativamente na gestão da segurança do seu bairro ou rua.

A polícia civil, polícia militar e guarda civil metropolitana terão acesso remoto às imagens, em tempo real, permitindo acelerar todo o processo de investigação de ocorrências. Ao primeiro olhar pode parecer simples, mas este projeto exige uma infraestrutura pesada de tecnologia, que só foi viabilizada graças a empresa LETRAS E CIA INFOSHOP através do projeto CIDADE MAIS SEGURA.

COMO FUNCIONA?

O projeto consiste em instalar câmeras em pontos estratégicos onde moradores compartilham o mesmo sistema de segurança e garantem a vigilância da rua e do bairro, conforme imagem acima.

Outros segmentos

Estabelecimentos: os estabelecimentos comerciais podem explorar as possibilidades do videomonitoramento em ambientes externos (estacionamento, entrada e saida de pessoas e veiculos…) e internos, para monitorar os caixas, analisar padrões de consumo dos clientes, corredores mais visitados, conter possíveis furtos e também disponibilizar o acesso aos clientes para que escolham o horário com menos fluxo.

Faculdades, escolas e creches: já imaginou poder acompanhar seus filhos nas áreas de grande circulação como pátios, quadras de esportes, entradas e saídas e até mesmo dentro da sala de aula? Que legal né? Hoje tudo isso é possível.  Informe aos diretores das instituições dos seus filhos e peçam que entre em contato conosco.

Zona rural: atualmente, as estatísticas apontam para um crescimento de crimes voltados às áreas rurais. Por isso, cada vez mais esse público está investindo em tecnologias de segurança. Com o videomonitoramento os fazendeiros e moradores ganham mais autonomia para verificar possíveis situações e recorrer aos órgãos de segurança quando necessário.

Petshops: este é um modelo de negócio que apesar de novo, já vem sendo aplicado em diversos locais (alguns com leis exigindo o serviço) e gera às empresas de petshops maior credibilidade aos clientes. O objetivo é garantir o melhor tratamento aos animais em locais que oferecem serviço de banho, tosa e internações. Dessa forma, os clientes podem ter acesso às câmeras pelo aplicativo e acompanhar os bichos de estimação ao longo de sua permanência nas instalações dos estabelecimentos.

GOSTOU? FIQUE A VONTADE PRA FALAR CONOSCO

Parceiros